domingo, 21 de fevereiro de 2010

Cicloviagem: 615 kms percorridos por belas paisagens de Minas Gerais.

Toda grande viagem começa com um simples passo. Nesse caso, uma simples pedalada. Cada giro do pedal impulsiona a bicicleta através de montanhas, penetrando matas, cruzando rios, queimando asfalto e onde mais você quiser - ou aguentar, só depende de você. Diferentemente de outros meios de transporte, nesse é possível interagir com a natureza, observando de perto sua fauna e flora, sentindo seus odores, respirando a poeira da terra seca, sentindo na pele o impacto de um pingo de chuva, sentindo o frio ou o calor que faz ferver a cabeça, observando cada ângulo da paisagem que vai ficando lentamente para trás. E por onde passamos montados numa bicicleta temos a boa receptividade e simpatia do povo local, aguçamos a curiosidade das crianças e muitas vezes a raiva de alguns cachorros. Tudo isso faz parte. E é isso que eu busco.

Dia 13/02. Volta Redonda x Aiuruoca.
148 kms

Nos encontramos ainda no escuro da madrugada. Pegamos logo a estrada e vimos o Sol nascer pedalando na Rodovia Dutra. A manhã estava ensolarada com um belo céu azul, um ótimo dia pra começar uma viagem. Até Passa Vinte o caminho já nos é familiar, de lá pra frente é que fica mais interessante. A famosa Pedreira da Carapuça pode ser observada sobre diferentes ângulos até ir ficando bem distante no horizonte. Esse trecho até Liberdade me lembrou muito algumas trilhas de Petrópolis, com o visual e vegetação bem parecidos com o Caminho do Imperador. Almoçamos em Liberdade. Depois pegamos um trecho onde passava uma antiga linha de trem, com muito cascalho no caminho, muito bonito também. Logo chegamos em Carvalhos, onde nos refrescamos tomando um banho numa antiga caixa d'água que servia para abastecer o trem. Depois seguimos subindo e descendo por estradinhas que pareciam não ter fim até finalmente chegar em Aiuruoca, uma cidade que sempre quis muito conhecer.
















Dia 14/02. Pedal em Aiuruoca. 30 kms

O bom de viajar sem muita pressa e sem roteiros definidos é poder planejar no momento os melhores caminhos e os destinos diários. Quando chegamos em Aiuruoca na noite anterior tivemos vontade de ficar mais um dia para conhecer melhor a cidade, e assim foi. Ligamos para os amigos que já nos aguardavam em Luminárias e avisamos do novo plano. Acordamos bem cedinho e logo pegamos trilha. Subimos morros igual cabritos, alguns deles empurrando as bikes. O visual imponente do Pico do Papagaio nos incentivava. Nosso plano era ir no cume do pico, mas após pedalar uns 15 kms chegamos no Pesque-Pague onde a trilha de caminhada se inicia e nos informaram que é necessário umas 3 horas de caminhada para chegar no topo. Ficamos um pouco frustados e desistimos da idéia. Resolvemos voltar e conhecer algumas cachoeiras no caminho. Paramos num belo rio onde nos banhamos. Depois conhecemos um Balneário mais próximo da cidade que estava lotado e ficamos a tarde toda tomando Sol e nos banhando no poço.














Dia 15/02. Aiuruoca x Luminárias. 97 kms

No comecinho do dia encontramos uma galera super animada do grupo Papa Trilhas de São Paulo. Batemos um breve papo sobre as trilhas locais, trocamos endereços de sites e registramos o encontro numa foto. Logo pegamos asfalto e tocamos em direção a Cruzília, onde paramos pra fazer um lanche. O trecho seguinte foi o mais penoso de toda a viagem: 50 quilômetros debaixo de um Sol escaldante por estradas de terra rachadas pela seca sem nenhum lugar para pegar água ou tomar um banho e nem ao menos um boteco. Descemos e subimos muitos morros e pra piorar a estrada tinha várias bifurcações sem placas. Chegamos numa plantação de eucaliptos que não tinha fim e lá resolvemos parar um pouco pra descansar. As placas indicando São Thomé das Letras eram convidativas, mas resolvemos mesmos seguir para Luminárias. Encontramos um casal de ciclistas de Lavras do grupo Tribo Duas Rodas que iam pra Carrancas. Quando achamos que já estávamos chegando nos deparamos com uma placa que indicava Luminárias a 10 kms. Já estávamos cansados, com fome, sem comida e com pouca água. Eu fui me arrastando pelos morros empurrando a bike e aproveitando pra descer igual um louco quando tinha chance. Foi muito bom chegar numa placa de Luminárias e poder ver a cidade do alto de um morro. Despencamos até o centro, onde o Pedro nos esperava. Cheguei destruído!















Dia 17/02. Pedal em Lavras. 95 kms

No dia em que chegamos em Luminárias curtimos a noite no Carnaval. No dia 16 não pedalamos. Almoçamos na casa de uma família amiga da Malú, mãe do Pedro, e depois fomos tomar um banho de ribeirão. A noite foi de mais Carnaval...

Dia 17 o Rogério tinha que pegar um ônibus na cidade de Lavras porque tinha que trabalhar no dia seguinte, infelizmente. O Pedro foi pedalando conosco até o Parque Ecológico Quedas do Rio Bonito, onde ficamos por algumas horas curtindo as piscinas e as cachoeiras. Eu e João Bosco deixamos o Rogério na rodoviária e voltamos para Luminárias, daqui para frente seria só nós dois.














Dia 19/02. Luminárias x Carrancas. 40 kms

Dia 18 também não pedalamos, tiramos o dia para caminhar até o Cristo no alto de um morro em Luminárias. Fomos eu, JB, Malú e Eni. A noite, Eni foi embora rumo à Ubatuba.

Dia 19 era meu aniversário e logo de cara fui presenteado com um tombaço quando levava as malas para o ponto de ônibus onde Malú e Pedro pegariam o ônibus de volta pra casa. Eu e JB já estávamos prontos para iniciar a volta pedalando. Seguimos por uma bela estradinha de 40 kms de terra com fortes subidas e debaixo de chuva. Quando chegamos em Carrancas fomos ao encontro de um casal amigo do João Bosco, que nos recebeu de braços abertos. Chegamos pontualmente na hora do almoço e Cristiany logo tratou de agitar as panelas e preparar uma deliciosa comida pra gente. Tomamos banho e almoçamos. De tarde, Edilson se incumbiu de ser nosso guia turístico em Carrancas e nos levou para conhecer várias cachoeiras maneiras. Foi meu presente de aniversário.














Dia 20/02. Carrancas x Bom Jardim de Minas. 110 kms

Deixamos a casa dos nossos amigos logo de manhã cedinho debaixo de chuva. Pedalamos por uma estrada de terra de 42 kms linda, que só não fotografamos muito por causa da chuva. Quando nos aproximamos de São Vicente e pegamos asfalto o tempo melhorou e o Sol até deu as caras meio tímido. Almoçamos em São Vicente e logo seguimos queimando asfalto. Ainda paramos em Andrelândia e Arantina. O tempo fechou novamente e chegamos em Bom Jardim debaixo de um temporal. Nos hospedamos numa pousada e descansamos para no dia seguinte encarar o último dia da viagem.






Dia 21/02. Bom Jardim de Minas x Volta Redonda. 95 kms

Bom Jardim é uma cidade que já nos é familiar e relativamente "perto de casa", e a ansiedade de chegar era tanta que por esse motivo quase não fotografamos nesse dia, apesar do dia estar lindo. Descemos a Serra do Pacau embalados pela vontade de chegar em casa. JB estava tão distraído que após descer bastante a serra procurava avistar a cachoeira do Pacau, mas nessa altura já não era mais possível... Paramos rapidamente em santa Rita de Jacutinga para um lanche e seguimos viagem. Na ponte do Zacarias, que faz a divisa dos Estados de Minas e Rio, encontramos alguns amigos de VR pedalando. Paramos em Santa Isabel para beber um energético e depois em Amparo pra fazer um lanche, onde encontramos mais amigos pedalando. Logo, chegamos em Volta Redonda. Depois de uma viagem longa como essa é muito bom voltar pra casa.

Como diz o João Bosco: " Estou no lugar certo, na hora certa e com os amigos certos!"

AGRADECIMENTOS: João Bosco, Rogério e Pedro. Malú e Eni. Sr Pascoal e sua família. Cristiany e Edilson.

Mais fotos:

28 comentários:

Hernâni disse...

Mais uma Potentíssima que vem a caminho :)
Eu tambei andei alguns km's mas de avião, estive na prainha ;))
Fico a aguardar essa foto report

Jorge Nogueira disse...

Michel, embora bastante atrasado , desejo a você um feliz aniversário , e que você continue por muitos e muitos anos (uns 100 , no mínimo )compartilhando com a gente ,sua animação, alegria , amizade e principamente o amor pela natureza e aventura. Ahhh... já ia me esquecendo, amanhã , depois do trabalho , com certeza irei direto para o computador, para conferir o que vem por aí. Tchau abç. para você.

eduardosschanuel disse...

michel, gostei essa você foi longe. vou aguardar para ver as fotos desta aventura. parabens!

Omeuadmirávelcantinho disse...

Lindo!!!!! A foto.
Fico a espera da crónica Michel

pedro disse...

Exelente passeio, para uma terrinha que eu amo!!!! Vcs estão de PARABENS!!! Peço novamente desculpas por ter abandonado vcs nessa aventura, logo Eu, que inventei este passeio!! Mais por motivos do coração eu não fui, mais na chegada de Vc's em Luminarias eu estava de braços abertos, aguardando a chegada de Vc's!!!! Felizmente pude dá uma voltinha de bike com Vc's, pra conhecer o Parque Ecologico...hehehehe... Mais oque valeu foi Vc's terem completado essa aventura e agora é só diversão com as histórias!!! hehehe... Ah cadê o relato????! Não pode faltar...tem bastante historia neh o ......... hehehehe... Mais uma vez PARABENS pela aventura meus amigos e foi mals!!!!!

OFF ROAD BIKERS disse...

FALA MICHEL SHOW A VIAGEM HEIM!!! PASSEIAÇO
PARABENS POR MAIS ESTA SUPERAÇÃO
MUITO LINDA AS FOTOS
GRANDE ABRAÇO

Nikson Salem disse...

Na minha opinião, esse foi o melhor passeio já realizado pelos Bikers da região. Pedalar pelas terras mineiras é sempre bom, o clima, a natureza, as paisagens, cachoeiras e o melhor de tudo.. O povo Mineiro!! Achei muito legal tbm esse encontro com outras turmas do pedal!!
Parabéns 100% = Michel e João Bosco Parabéns 80% = Rogério (voltou de ônibus)
Parabéns 20% = Pedro (esse foi e voltou de ônibus, e merece 20% só porque recebeu a galera na casa dele rsrsrs)

Hernâni disse...

Simplesmente Brutal!!
Cagaréus presentes nesta aventura :) obrigado!
Dia 15/02. Aiuruoca x Luminárias, a 6ª foto com o nº 037 JPG está excelente,um paraíso na Terra!!
Fico a aguardar os relatos que serão a cereja no topo do bolo.

Abraço!

josi disse...

Feliz aniversário, que mesmo atrasado é de coração!
Fiquei feliz com o presente que vc se deu! Grande viagem!!!
Bjs

Paty disse...

Ok, tenho que admitir, sinto uma pontinha de inveja cada vez que eu entro no seu blog, vejo essas fotos maravilhosas que contém histórias incríveis!!
Como já disse, admiro muito o que vc faz, a forma como vive, e também como nos mostra tudo isso, a maneira como relata, as palavras que usa, e nas fotos, os detalhes que passam despercebidos por nós, meros sedentários e preguiçosos!
Parabéns por mais essa história, mais essa conquista e lembrança!!

Pedaladas&Afins disse...

Fala Michel,

Grande pedal mesmo!!!
Só fazendo mesmo para descrever o que é sentido da preparação até a conclusão do passeio!!!
Parabéns para toda galera que fez e ajudou na aventura.
Marcelo
www.pedaladaseafins.blogspot.com

João Bosco disse...

Ótimo passeio!
Agradeço a Deus e a todas as pessoas com quem conviví nestes dias. Elas foram muito importante para que este passeio fosse maravilhoso!
As paisagens vistas do alto das montanhas mineiras onde pedalamos são deslumbrantes e nos proporcionam um bem-estar que com o poder de nossa mente, transformamos em energia para seguir em frente.
Seria este um passeio para deixar saudades, mas vivendo intensamente cada novo dia, tenho apenas boas lembranças.
Porisso é que digo:
"Estou no lugar certo, na hora certa e com os amigos certos!"
Mas no trecho mais cascudo da viagem o Michel filosofou: "E se tudo der certo, nos estamos é fudds!".
Valeu Michel!!!!!!!!!!

Michel Schanuel Girardi disse...

NO INÍCIO DA VIAGEM ESSE PENSAMENTO ME VEIO À CABEÇA:

"SE TUDO DER CERTO, NÓS ESTAMOS FUDIDOS!" rsrsrsrsrs

Anônimo disse...

Michel & Cia...estão todos de Parábens mais uma vez! Como sempre nos proporcionando belas histórias e fotos nos fazendo sempre seguidores ávidos por mais emais aventuras, é assim que me sinto toda vez que leio aqui e vejos essas figuras impressionantes de nossa regiao!
Cada vez mais me sinto encorajado em seguir esse estilo de vida, gostaria mmuito de um dia poder fazer parte desse grupo que me parace tao unido mesmo quando alguns precisam voltar de bus pra casa..rs

Michel - o pequeno grande desbravador de trilhas sob duas rodas!

ABracao!

André Luiz - Biig

Rogério disse...

Este passeio não foi apena mais um , mas foi um pedal onde tivemos um grande apoio de pessoas que nem conhecíamos e nos encontramos com outros amigos de aventura onde todos buscavam conhecer lindos lugares e estar em contato com a natureza. Estando no lugar certo, com pessoas certa e fazendo o que gostamos nada pode dar errado.
Que Deus sempre nos dê saúde e grandes amizades como as que conquiatamos.

Hernâni disse...

Que excelente prenda de aniversário(tirando o tralho) :) com os amigos a pedalar por montes e vales com loucas paisagens!
Um dia perco a cabeça, ai perco sim :)

Grande abraço de parabens e continua a mostrar esse maravilhoso país

pedro disse...

Não resisti, tive que comentar novamente!!! Agora sobre os relatos... que ficaram muito bons...deu pra passar um pouco pra quem não acompanhou de pereto está aventura, o tanto que ela foi prazeirosa!!!! Muito bom mesmo!!! Maaais, faltou uns detalhes aí, desta semana passeando!!! Vc jah deve imaginar!!kkkkk...
Valeuuuu.

Nikson Salem disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nikson Salem disse...

* Tirando as amizades, as cachoeiras, o visual.... faltou só as fotos das mulheres que a rapaziada pegou no carnaval, rsrsrsrsrsrs

pedro disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Fabiano66 disse...

Que passeio maravilhoso que vocês fizeram, sem falar na equipe que foi. Sinto muito orgulho de participar de um grupo em que vocês estão inseridos. Muito bem narrada a aventura que fizeram. Estão de parabéns!

Carol Emboava disse...

Show de pedal, de fotos e de palavras! Adorei tudo! :)

Pow, nem compraram uns queijinhos na fábrica de queijos Crusília? Eu me acabeeeeei lá, hahahaa!

E adoro aquelas cachoeiras de Carrancas! Uma vez um amigo fez cascading na Véu da Noiva. E num deu tempo de eu fazer, fiquei morreeendo de vontade. Preciso voltar lá, hehe!

Beijossss!!!

Renan Schanuel disse...

muita onda primo pena que eu nao tenho disposiçao pra ta junto numas desas
mais muito show mesmo fotos d+

Omeuadmirávelcantinho disse...

Fabuloso Michel.
boa crónica e fotos de babar, mountain bike é isto, no meio da natureza e acompanhado de bons amigos e em pessa claro.

UM DIA AINDA VOU TER CONTIGO PARA FAZER UMA TRAVESSIA.

Já Estou com saudades de pedalar, aqui tem chuvido muito.QUERO O VERÃO!

Um abraço
MiguelRomão

Anônimo disse...

Oi Amigão!
vejo k vocês ai andam em forma.Belas paisagens e bons trilhos.
Eu vou recomeçar os treinos , parei devido ao mau tempo que desanima uma pessoa, vou deitar a preguiça para longe, em breve quero fazer uma cicloviagem mas tenho de treinar uns 4 meses e depois de junho , ai sim.
Um abraço deste seu Amigo deste canto do mundo.Boas pedaladas com muita saúde.
Carlos
http://ocicloturista.blogspot.com

Gira Pedal - Diego disse...

Muito legal este pedal, dá vontade de parar tudo, largar o trabalho e viver pedalando e curtinda a natureza e os amigos. Quem sabe um dia?!?!?! Legal a matéria Michel, parabéns a todos que participaram.

Hernâni disse...

Isto está muito parado, que se passa? meteste férias ou gastaste a gasolina toda nesta volta? :)
Ouvi falar numa escalada e estou esperando as fotos :)

Abraço!

Diego Mendes disse...

Cara, curti d+!
estou planejando uma mais ou menos igual a sua volta..
pretendo sair de Lavras-Carranca-Andrelandia-Santa Rita do Jacutinga-Volta redonda-Lídice-Mambucaba

Tenho parentes em VR.
E vcs me empolgaram bastante!
Pretendo ir em outubro.
Abraço