domingo, 24 de janeiro de 2010

Pedal VR x Itaboca- MG, subindo pelo Pacau e descendo a Serra Negra. 185 kms

Sabe aquelas aventuras que te fazem rolar na cama e até perder o sono? Essa foi uma delas. Eu sabia que seria uma pedalada extremamente cansativa e que cobraria seu preço, mas sempre vale a pena. O planejado era passar em Santa Rita de Jacutinga, já em Minas Gerais, subir a tenebrosa Serra do Pacau e almoçar num pequeno vilarejo lá em cima para ter forças para encarar o trecho mais exigente, a Serra Negra. E assim foi...

Jorge e seu "companheiro" espantalho
Em determinado ponto da serra tivemos dúvida se estávamos mesmo na trilha certa. O local é muito deserto e quando finalmente avistamos uma plantação ao longe paramos, mas não dava pra ver uma viva alma. Quer dizer, teve gente que viu: Jorge resolveu gritar e pedir informações para um espantalho achando que fosse gente! " - Eiiiiii, companheiro!!!! " Ele deve ter até pensado que o povo da roça é mal educado pois seu companheiro não lhe respondia... Ele só não continuou chamando porque todos caíram na risada, ou melhor, gargalhada!

Vencida a bela Serra Negra logo chegamos em Itaboca, que é um pequeno vilarejo. Daí foi seguir novamente para Jacutinga ( onde começou a chover muito forte e não parou mais até o final da pedalada) e percorrer todo o longo caminho de volta para Volta Redonda.

Participaram: Michel, Pedro, Sequela, Celmo, Jorge e Rogério.





















7 comentários:

Hernâni disse...

A avaliar pela foto vai sair "bomba" :)

Fico à espera!

João Bosco disse...

Em 2008 fiz este percurso e concordo plenamente com o Michel. A volta pela Serra Negra é "cascuda" mesmo!!!
Desta vez fomos juntos até certo ponto mas depois pegamos o caminho mais curto, mas mesmo assim pedalamos mais de 160 km.
Por onde passamos infelizmente não vimos o "companheiro" do Jorge... rsrsrs

Hernâni disse...

Mais uma volta potentíssima!! tal foi o empeno que até confundiram um espantalho com uma pessoa :))
185 km's com excelentes trilhos e paisagens, as fotos da descida estão brutais,a DSCO7289 e a DSCO7327 com aquele fundo estão fantásticas(só o Pedro está lá a mais) :))

Abraço!

pedro disse...

Maais uma vez, um super pedal!! Com varias historias...e não teve só pedaladas, teeeve baaastante risadas tb!!hshsahsahsa...
Valeuu COMPANHEIRO!!!

Jorge Nogueira disse...

A cada semana a "Kilometragem" aumenta em alguns kms,se continuar assim daqui a pouco já estarão fazendo " passeios " de 1000 kms (no mínimo). Obs. nesse sábado pela manhâ estarei (assim espero ) indo até a jacuba (poção ) via vila da fumaça e subindo pela estrada que passa pela cachoeira da Fumaça, se der se encontre com a gente na fumaça , e vamos conhecer o poção da jacuba que é bem bonito. Tchau abç.

Anônimo disse...

Andei lendo algumas partes do seu Blog, e nao consegui mais parar de ler...a forma que voce descreve cada detalhe nos coloca praticamente dentro da história, fazendo parte daquilo tudo! Além de se aventurar desbravando os ambientes naturais nos proporciona conhecer com seus olhos e a sua sensibilidade lugares que talvez a maioria jamais pensasse em conhecer! Bacana esse seu trabalho de divulgar num blog e dividir conosco esses momentos que com certeza deve ser mais do que especiais para voce e seus companheiros de aventura! Um dia quem sabe eu terei essa mesma coragem desprendimento em me jogar de alma e coração nesse projeto de vida!? Parabéns!!!

André Biig.

o salineiro disse...

Cada vez que passo por aqui, saio a chorar. Sim a chorar. O Brasil é lindíssimo e vocês têm a sorte de pedalar por ele.

São fotos espectaculares, distâncias impressionantes e sempre boa companhia.

Qualquer dia pareço uma Maria Madalena aqui por Portugal.

Abraço companheiro, aproveita cada volta que fazes... terás sempre histórias para contares aos teus descendentes.

Nelson