domingo, 22 de abril de 2007

Trilha da Tapera

Eu e meu amigo Paulinho saímos de bike do Bingen às 7hs da manhã. A longa pedalada de hoje prometia ser puxada, então não perdemos tempo. Tocamos num bom ritmo até Itaipava, onde demos uma breve parada do posto do Bob's. De lá, iniciamos a subida da serra de Teresópolis. É uma estrada com um belo visual, hoje escondido por bastantes nuvens que, por um lado, nos ajudavam escondendo o Sol e facilitando a pedalada. Depois de cerca de 2 horas e meia de pedalada chegamos na famosa curva da Ferradura, ponto que para nós era o fim da estrada e início da trilha da Tapera.

O início da trilha tem muitas valetas, que me faziam desmontar da bike e descer empurrando. Paulinho, com mais técnica, descia alguns pedaços. Fortes descidas que exigiam bom preparo e um pouco de “loucura” para serem superadas. Belas montanhas em todo o percurso. A mais famosa, pedra da Tapera, dá nome à trilha.

No final dessa trilha mais fechada chegamos numa rua mais larga que até permite a passagem de carros, de terra ainda. Permitia-nos andar em boa velocidade desviando de pequenos obstáculos. Nesse ponto já existem algumas casas, bem isoladas. Fiquei sabendo que os moradores são descendentes de escravos e vivem num sistema auto-sustentável, com muitas plantações.

Logo em seguida chegamos no condomínio Boa Esperança, com belas casas. Algumas partes da rua são calçadas de pedras, outras de terra mesmo. Ruas bem sinalizadas. Encontramos com muita gente fazendo caminhada. Logo chegamos na saída do condomínio e entramos na estrada novamente, ainda tínhamos muito pedal até chegar em casa.

Em Itaipava paramos para fazer um bom lanche e depois para ver uma exposição de carros antigos. Alguns deles passaram por nós na serra de Teresópolis. Depois tratamos de encarar estrada novamente.

Chegamos no Bingen. O meu velocímetro indicava 87 km de pedalada. Paramos num posto de gasolina e tomamos uma cerveja pra comemorar a pedalada. Paulinho estava inconformado com a poeira que dei nele na subida da Barão do Rio Branco, onde consegui abrir mais de 10 minutos de diferença. Já marcamos outra pedalada durante a semana, o bicho vai pegar!

2 comentários:

Nelson disse...

Lobin, ouvi dizer que vc anda tão íntimo da Filó que vcs já dormem até juntos !
Desse jeito ninguém segura vocês dois ! Hehe !

Priscila disse...

na atividade né moço...gostando de ver...
e aí? como vc tá? espero qeu bem...tempãp que não nos falamos né? mande notícias.
beijos